O melhor pai merece o melhor presente! Todo o site com até 15% off
Ver seleção
R$ 0,00
R$ 0,00

Diferença entre MDP e MDF: entenda o que são os materiais e como são usados

Tanto o MDF quanto o MDP possuem características únicas que tornam os materiais ideais para determinados móveis e estruturas, e não tão recomendados para outros. Aprender as diferenças é ideal para saber quando usar cada um.

Existem vários tipos de madeira no mercado, e alguns materiais que não são madeira propriamente dita, mas se assemelham a ela. Há dúvidas quanto à categorização de MDF e MDP, bem como em relação às diferenças entre ambos.

A gente ama MDF e MDP, tanto que usamos esses materiais na maioria dos nossos móveis. Mas muitas vezes a diferença entre MDF e MDP causa confusão devido a algumas similaridades entre elas, que vão desde a sigla até a própria madeira.

Ambos o MDF e MDP foram desenvolvidos para a indústria moveleira. 

Para acabar com essas dúvidas, trouxemos um conteúdo completo explicando as peculiaridades de cada material, bem como para ajudar a saber quando usar cada um. Continue conosco! 

O que é MDP

Em inglês, MDP significa Medium Density particleboard; em outras palavras, ele é um painel de partículas de média densidade. A composição da chapa se dá da seguinte maneira: partículas menores nas extremidades, e maiores no miolo. 

Antigamente, ele era o aglomerado,uma chapa de madeira, com miolo composto de resíduos de madeira — tipo pó e serragem, de baixa qualidade. Os amantes de móveis e decoração retrô certamente já se depararam com caixas de som e armários antigos cuja lateral parecia soltar ferrugem ou pedacinhos quando alguém passasse a mão. Isso era o aglomerado.

Mas o MDP é diferente! O composto conta com uma resina melhorada em relação ao aglomerado, deixando as camadas mais densas, além de mudança na ligação do miolo. Ele é muito semelhante ao MDF em relação à resinagem. 

O MDP pode ser adquirido com o revestimento desejado. Via de regra, os seus acabamentos não são de madeira.

Qual a durabilidade de um móvel em MDP?

O MDP pode ser usado em todas as partes do móvel, porém ele atua melhor nos cortes retos (laterais de gaveta, caixarias dos móveis em geral).

A robustez e alta resistência fazem com que o material seja ideal para móveis utilizados para amparar mais peso, ou com mais frequência, como caixas, estruturas, escrivaninhas e estantes.

Vantagens do MDP

As principais vantagens do MDP são:

O que é MDF

MDF significa Medium Density Fiberboard, que, traduzindo ao pé da letra, é uma placa de fibra de média densidade.

Ele se torna um painel a partir da aglutinação de suas fibras com as resinas, fixadas por meio de pressão. Em outras palavras, vários pedaços finos de fibras são colados no processo industrial, formando o MDF. 

O MDF pode ser encontrado em sua forma base e também já com acabamento em cores e estampas, permitindo maior versatilidade em seu uso. 

A placa é regular e mais pesada, e pode ser usada em todas as partes do móvel. 

Qual a durabilidade de um móvel em MDF?

Vantagens do MDF

Algumas das principais vantagens do MDF são:

Afinal, MDF ou MDP: qual escolher?

A resposta para essa pergunta depende do objetivo buscado. Tanto o MDF quanto o MDP possuem propriedades que os tornam excelentes para determinados móveis e estruturas, e ao mesmo tempo não recomendados para outras. 

O mais comum é usar uma mistura dos dois. O MDP é perfeito para móveis retos, como armários, mesas quadradas e mesas de cabeceira. Já o MDF permite maior versatilidade no acabamento curvo, e tem mais resistência a peso, sendo recomendado para escrivaninhas, estantes de livros, e até mesmo para portas e acabamentos pintados, ou com usinagens.

Portanto, é injustificado o preconceito criado no mercado no sentido de que o MDP seria um produto de menor qualidade e sem resistência! A verdade é que a história impulsiona a venda de MDF e outras opções, mas cada material tem características que o tornam próprio para funções específicas, como já mencionadas. 

O que é mais resistente à água MDF ou MDP?

A verdade é que nenhum dos dois materiais é indicado para locais com muita umidade. No entanto, o espaçamento entre as fibras do MDP abre espaço para que as partículas inchem com a absorção da água sem refletir na aparência externa do produto, o que não ocorre com o MDF.

Apesar disso, o ideal é que nenhum dos dois tenha muito contato com a água.

Agora você já sabe um pouco mais sobre as diferenças entre os materiais, bem como que não existe uma opção melhor ou pior entre MDF ou MDP.

O que existe é material que atenda às suas necessidades e desejos.Quer saber mais sobre materiais utilizados na confecção de mobiliários? Leia tudo sobre a Madeira Pinus, queridinha aqui da Veromobili!

GOSTOU? COMPARTILHE

Leia também

Se inscreva na Nossa Newsletter

Receba promoções, produtos e descontos. Direto no seu e-mail.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Link do Whatsapp Veromobili
usermagnifiercrossmenuchevron-downarrow-right
Entrar na lista de espera Nós iremos informar você quando o produto estiver disponível.